8 de jan de 2014

Megamente

Este filme passou no final do ano em um domingo mas como perdi, fui atrás para assistir online e amei. Se você gosta de rock você vai adorar a trilha.
Megamente desde a infância sempre foi um nada ao lado de Metro Man, que sempre recebia as melhores atenções e era o queridinho, então ele resolveu ir para o lado do mal, e seguir usando sua inteligencia para tentar derrotar o super herói adorado pelo povo, e em diversas tentativas e sequestros da repórter Rosane Rocha como isca ele finalmente consegue, mas a vida fica tão entediante sem alguém para brigar que tenta fazer um novo super herói.
É bem engraçado, vocês realmente precisam assistir.

Minhas mães e meu pai

Uma bomba de bons atores, cito aqui Josh, Mia Wasikowska (ela faz Alice no país das maravilhas) Mark Ruffalo, Julianne Moore numa comédia dramática sem nenhum clichê.
Joni (Mia Wasikowaska) e Laser (Josh Hutcherson) são filhos de  Jules (Julianne Moore) e Nic (Annette Bening), um casal de lésbicas e nasceram graças a inseminação artificial e espermatozoide do mesmo homem e eles resolvem conhece-lo, o que faz que alguns problemas cheguem a família deles.
SPOILER: Eu tenho comentários sobre alguns personagens.
Paul é o pai de Joni e Laser, odeio esse cara e meu motivo é: Ele é grande culpado de quase estragar uma família, ele começa a ter um caso com Jules e quando Nic descobre ele dá uma de, "ha, essa é nossa chance, agora podemos ficar juntos", e p#%@, se toca, ela ama a esposa e só teve um caso com você, você está tentando estragar a família, precisa que eu vá ai e chute sua bunda?
A Jules poderia ser bem querida por mim, isso se ela não tivesse traído a Nic.
Nic as vezes parece uma ditadora, por exemplo, ela é médica e não quer que os filhos andem numa moto porque são grandes causadoras de tragédias, mas ela não pode simplesmente impedi-los. Mas eu gostei da reação dela sobre a traição.
A amiga da Joni é uma idiota e o de Laser também

A hora de aventura

Sim, desenho também está incluso na minha lista de férias, quem nunca viu algo sobre este? Eu via fotos de Marceline e adorei aquele personagem, depois de procurar, descobri sobre as suas aparições neste desenho que eu acreditava ter uma vaga lembrança de já ter lido sobre, afinal, ele é famoso.
A hora de aventura se baseia em um garoto humano chamado Finn e seu cachorro Jake que vivem na terra de Ooo, onde estão sempre salvando princesas, desvendando mistérios e ajudando qualquer um que precise, isto, eles são grandes aventureiros! É um desenho gráfico simples, o que não o torna menos interessante ou divertido. Até agora se encontra na 5º temporada.

7 de jan de 2014

Once upon a time

Aproveitando as férias acrescentei na minha lista seriados, como Once Upon a Time ou nacionalmente Era uma vez. Storybrooke é uma cidade que existe graças a uma maldição feita pela bruxa do conto da branca de neve, as pessoas que moram nela são todos personagens de vários contos que na verdade não sabem o que são, o que aconteceu e vivem normalmente. Antes da maldição cair sobre o reino, branca de neve colocou sua filha récem nascida num armário que a transportaria ao mundo real e a salvaria da maldição e seria a única que poderia quebrar a maldição. 
Em muitos casos gosto da branca de neve mas adoro Rumplestiltskin que é um bruxo (que as vezes é do mau), conhecido no mundo real como Mr. Gold, a chapeuzinho vermelho e outros personagens, só não gosto muito da personagem Emma, a forma como ela nega tudo aquilo que acontece ao seu redor, mesmo quando tudo está provado ser real me irrita. Se vocês assistirem torço que me entendam. Once Upon a time está na 3º temporada, e voltara a ser exibida no  dia 9/3.

A pouco tempo saiu a noticia que a record irá passa-la a partir do dia 3 de fevereiro, às 21h30. O que me deixa apreensiva porque a serie é ótima e record não nos deixa confiáveis que será passado de forma organizada. 

Cry baby

Para quem não conhece esse é um dos antigos filmes com um Johnny Depp bad boy, várias cenas engraçadas, bizarras e bastante música.
Wade, muito mais conhecido por Cry-Baby, tem um grupo musical, é adorado por alguns e considerado delinquente por outros. Já Allison Vernon-Williams, é uma garota órfã e rica criada pela avó, quando cresce o desejo de mudar, deixar de ser boazinha e acaba se apaixonando por Cry-babe. Mas isso faz com que aconteça um grande reviravolta e guerra na cidade, o que faz o personagem ser preso.

Simplesmente Ana

Como podem ver a capa é bonita e atrai um pouco. Esta é a primeira história romântica da escritora brasileira, Marina Carvalho. 
Ana mora em Belo Horizonte com sua mãe, nunca conheceu o pai e está perto de entrar em um relacionamento quando uma pessoa chega por facebook e simplesmente fala que acha que é seu pai. E numa surpresa Ana descobre que a antiga história que a mãe contava dizendo que seu pai havia a abandonado depois de saber da gravides é mentira, e na verdade ele nunca teve conhecimento sobre sua existência. Mas não só isso. O seu pai era o rei da Krósvia. Além de ser uma pessoa muito legal ao qual queria a conhecer. Ana aceita depois de todos apoiarem sua viajem, trancar seus estudos em direito e ir para Krósvia durante 6 meses. Lá ela conhece Alex, filho da ex e falecida esposa de seu pai, que é um gato mesmo a tratando inicialmente muito mal!

Se vocês não pensaram nisto de primeira então eu falo: Lembra o diário de uma princesa, a diferença é que 
Ana não era uma pessoa que se vestia de forma estranha. 
Alex é de Krósvia, tem namorada (mesmo sendo insuportável) e tem ligação familiar por causa do seu pai.
A história pode parecer muito clichê sem contar num momento em especial que a personagem é MUITO idiota, a ponto de ser comparada por mim a Paloma da novela amor a vida.
Nota: regular